São Bernardo, * *

COLÔNIA DE FÉRIAS

Documento firmado pela FEM ajudará sindicatos a proteger trabalhadores durante pandemia

Em documento inédito, FEM firma entendimento com os sindicatos patronais que ajudará sindicatos a proteger os trabalhadores durante a pandemia

Por: Administrador - Publicação: 30/03/2020
carta aos empresários e trabalhadores

carta aos empresários e trabalhadores
Imprimir Enviar para um amigo Twitter A+ A-

Caros empresários e trabalhadores, No dia 25 de março de 20, em reunião histórica entre empregadores e trabalhadores, sentamos virtualmente o SINDIMAQ, SINAEES e SINDIPEÇAS com as federações da FORÇA SINDICAL e FEM-CUT, para juntos encontramos alternativas de superação da crise causada pela pandemia do COVID -19, e principalmente unirmos esforços para ao mesmo tempo preservar a saúde do trabalhador e manter as empresas em atividade, pois nossos setores são responsáveis por boa parte do abastecimento e principalmente dos empregos de todo o país. Nesse momento devemos agir com BOM SENSO. Assim orientamos as empresas e trabalhadores a pedido do Ministério da Saúde, que os trabalhadores considerados como grupo de risco, aqueles com mais de 60 anos e/ou que tenham problemas de pressão alta, respiratórios, diabetes, problemas cardíacos entre outras, permaneçam em casa e para isso as empresas podem adotar as medidas elencadas na Legislação vigente, além de buscar entendimento junto aos sindicatos laborais locais para a adoção de outras alternativas conjuntas para a manutenção de postos de trabalho. Às empresas e seus trabalhadores fora da zona de risco que permanecerem trabalhando, sugerimos que sejam adotadas por parte dos empregadores todas as formas de prevenção e cuidado com a saúde do trabalhador, como por exemplo, intensificação das medidas de higienização dos locais de trabalho, áreas comuns, bancadas de trabalho, colocação de álcool gel à disposição dos trabalhadores, orientem que eles lavem as mãos diversas vezes ao dia, reorganizem as áreas de trabalho na medida do possível para que os trabalhadores permaneçam distantes uns dos outros num raio de 1,5 a 2 metros, adoção de jornadas flexíveis de trabalho ou a implantação de mais de um turno dividindo os trabalhadores, nos refeitórios adotem mais de um turno para refeições, entre outras ações que entenderem necessárias. Salientamos que tanto os sindicatos patronais (SINDIMAQ, SINAEES E SINDIPEÇAS) quanto as federações dos trabalhadores (FORÇA SINDICAL E FEM CUT) estão abertas para sentarmos a qualquer momento e discutirmos situações pontuais que possam surgir por parte das empresas e seus trabalhadores, bem como encontrar medidas alternativas e necessárias para superarmos a crise. Iremos buscar conjuntamente junto ao Governo alternativas no sentido de viabilizar e potencializar recursos para a manutenção de postos de trabalho e da produção. Manteremos aberto o “Fórum de Crise” formado pelos sindicatos patronais e laborais acima elencados e nos reuniremos a qualquer momento conforme as situações forem acontecendo. Permanecemos todos à disposição. JUNTOS SOMOS MAIS FORTES E SUPERAREMOS A CRISE COM SAÚDE E EMPREGO

Agência de notícias da  FEM-CUT/SP
imprensa@fem.org.br

Siga-nos: www.twitter.com/femcut
Facebook: www.facebook.com/fem.cutsp

 


Federação dos Sindicatos de Metalúrgicos da CUT/SP (FEM-CUT/SP)
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - São Bernardo do Campo-SP
CEP - 09726150

Financeiro/Pousada: 4122-7716
Presidência/ Sec Geral: 4122-7719
Dieese: 4122-7717


Hoje: Visitantes / Acessos