São Bernardo, * *

COLÔNIA DE FÉRIAS

Pinda: Trabalhadores da Harsco aprovam PLR de R$ 3.800

Prospota foi conquistada após ameaça de greve dos trabalhadores

Por: Administrador - Publicação: 12/03/2019
Foto: Divulgação/ Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba

Foto: Divulgação/ Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba
Imprimir Enviar para um amigo Twitter A+ A-

Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba

Os trabalhadores da Harsco, terceirizada da Gerdau, aprovaram nessa segunda-feira, dia 11, a proposta de PLR (Participação nos Lucros e Resultados), que poderá chegar a R$ 3.800,00. O impasse nessa terceirizada da Gerdau começou quando a empresa anunciou que não pagaria nenhum reajuste na PLR, apesar de todo o aumento da produção. A categoria se mobilizou, chegou a ameaçar entrar em greve e a nova proposta foi conquistada, com cerca de 6% de aumento, que foi aprovada em assembleia. Parabéns para a comissão e principalmente aos trabalhadores pela unidade.

Agência de notícias da  FEM-CUT/SP
imprensa@fem.org.br

Siga-nos: www.twitter.com/femcut
Facebook: www.facebook.com/fem.cutsp

 


Federação dos Sindicatos de Metalúrgicos da CUT/SP (FEM-CUT/SP)
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - São Bernardo do Campo-SP
CEP - 09726150
Contato + 55 11 4122-7716/ 7718/ 7719


Hoje: Visitantes / Acessos