São Bernardo, * *

COLÔNIA DE FÉRIAS

Delegados e delgadas do 8º Congresso da FEM-CUT/SP participam contra fechamento da Ford

Trabalhadores na Ford receberam solidariedade de diversas categorias, movimentos populares e familiares.

Por: Administrador - Publicação: 27/02/2019
Fotos: Adonis Guerra/ SMABC

Fotos: Adonis Guerra/ SMABC
Imprimir Enviar para um amigo Twitter A+ A-

Os delegados e delgadas que estão participando do 8 º Congresso da Federação dos Sindicatos de Metalúrgicos da CUT São Paulo, a FEM-CUT/SP, participaram na manhã desta terça-feira,26, da manifestação organizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC contra o fechamento da planta da Ford em São Bernardo do Campo. Se somaram aos trabalhadores suas famílias, lideranças de diversas categorias profissionais, representantes do movimento sindical italiano, representantes de partidos e de movimentos populares além de parlamentares.

Sob forte chuva, os trabalhadores na Ford fizeram uma caminhada por dentro da montadora, uma assembleia na porta da empresa e seguiram em caminhada, por 12 quilômetros até a Prefeitura de São Bernardo do Campo. O ato de resistência, unidade e luta foi bem recebido munícipes e comerciantes que demonstraram apoio aos metalúrgicos do ABC.

Luiz Carlos da Silva Dias, o Luizão, presidente da FEM-CUT/SP destacou a solidariedade dos congressistas que interromperam as atividades do Congresso para prestar solidariedade aos trabalhadores na Ford. “Em virtude dessa manobra desrespeitosa da Ford, interrompemos nosso Congresso para estar com vocês trazendo a solidariedade dos 14 sindicatos espalhado pelo estado de São Paulo. Estaremos juntos com os guerreiros e guerreiras na Ford o tempo que for necessário”

Durante a manifestação o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC confirmou reunião a matriz da Ford nos Estados Unidos para o dia 7 de março. O Sindicato quer discutir a reversão da decisão e o futuro da planta de São Bernardo. Nesta terça os trabalhadores na Ford irão para a fábrica, onde será realizado novo encaminhamento de luta.

Andrea Sousa, secretária da Mulher na FEM-CUT/SP destacou a importância da construção da resistência. “Nós temos sonhos, famílias e unidade de pais, mães e filhos para fazer a luta. Sem emprego, não tem consumo, os comércios saem no prejuízo e toda economia é afetada. Não vamos permitir”

 

Agência de notícias da  FEM-CUT/SP
imprensa@fem.org.br

Siga-nos: www.twitter.com/femcut
Facebook: www.facebook.com/fem.cutsp

 


Federação dos Sindicatos de Metalúrgicos da CUT/SP (FEM-CUT/SP)
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - São Bernardo do Campo-SP
CEP - 09726150
Contato + 55 11 4122-7716/ 7718/ 7719


Hoje: Visitantes / Acessos