São Bernardo, * *

COLÔNIA DE FÉRIAS

Tragédia da Vale já tem saldo de 58 mortes. Mais de 300 continuam desaparecidos

Bombeiros dizem que 48 horas depois do acidente é muito difícil encontrar pessoas vivas, mas familiares rezam por um milagre

Por: Administrador - Publicação: 28/01/2019
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução
Imprimir Enviar para um amigo Twitter A+ A-

Fonte: CUT Brasil

 

O desespero de parentes e amigos das vítimas da tragédia criminosa em Brudaminho (MG) aumenta a cada dia que passa.

Três dias depois do rompimento da barragem da Vale do Rio Doce na cidade, foram encontrados 58 corpos - 19 identificados -, mas 305 pessoas ainda estão desaparecidas. Segundo o Corpo de Bombeiros, 192 foram resgatadas com vida.

O comandante da operação, tenente-coronel Eduardo Angelo, do Corpo de Bombeiros, disse neste domingo (27) que a chance de se localizar pessoas com vida a partir de agora é "bem pequena".

Mas, familiares e amigos que aguardam por notícias no centro de controle rezam e esperam por um milagre.

Ontem a noite as buscas continuaram em dois pontos: um ônibus próximo da administração da Vale e uma casa perto da pousada Nova Estância, onde foram achados três corpos.

Os bombeiros informaram que não conseguiram ainda acessar o refeitório da Vale, inexplicavelmente localizado em um ponto abaixo da barragem, e que ele pode ter se deslocado de lugar. Ali, a profundidade da lama chega a 15 metros.

Apesar dos esforços, o porta-voz da corporação, tenente Pedro Aihara, admitiu que alguns corpos podem nunca ser encontrados.

'Considerado o tipo de tragédia e as proporções, existe sim a possibilidade de alguns corpos não serem recuperados, mas não é esse o foco dos bombeiros'."

Agência de notícias da  FEM-CUT/SP
imprensa@fem.org.br

Siga-nos: www.twitter.com/femcut
Facebook: www.facebook.com/fem.cutsp

 


Federação dos Sindicatos de Metalúrgicos da CUT/SP (FEM-CUT/SP)
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - São Bernardo do Campo-SP
CEP - 09726150
Contato + 55 11 4122-7716/ 7718/ 7719


Hoje: Visitantes / Acessos