São Bernardo, * *

COLÔNIA DE FÉRIAS

Pinda: Mobilização na Tenaris Confab não zera demissões, mas evita 265

Após ameaça de greve, empresa ampliou número de trabalhadores no Lay-Off; 75% do excedente de 350 pessoas será preservado

Por: Administrador - Publicação: 27/11/2018
Foto: Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba

Foto: Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba
Imprimir Enviar para um amigo Twitter A+ A-

Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba

Os trabalhadores da Tenaris Confab aprovaram nessa segunda-feira, dia 26, uma nova proposta a respeito das 350 demissões na fábrica.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba, após ameaça de greve, a empresa ampliou o número de trabalhadores nos programas e reduziu o número de demissões para 85.

Com isso o número de empregos preservados chega a 75% das demissões anunciadas. O pacote inclui três medidas:

  • O lay-off (programa do Ministério do Trabalho que custeia parte do salário) foi ampliado de 100 para 176 pessoas na unidade Tubos
  • A empresa dará férias para 90 pessoas, que foi uma das medidas reivindicada pelo sindicato
  • O work-sharing (redução de jornada e salário) foi mantido para 70 funcionários da unidade Equipamentos.

O pedido de PDV (Plano de Demissão Voluntária) não foi aceito pela empresa, que discutiu a reivindicação com a matriz, na Argentina.

Para o presidente do sindicato, Herivelto Vela, a medida ainda não é o anseio da entidade, mas representa avanço.

“O sindicato insistiu em zero demissão, por causa da previsão de obra em curto prazo, mas a decisão é dos trabalhadores. O plano está aprovado. 265 empregos serão preservados. Isso é um avanço. Se não existisse mobilização dos trabalhadores, a empresa não teria feito nem a primeira proposta”, disse Vela.

No final da tarde, os trabalhadores da Confab Equipamentos aprovaram também por unanimidade a nova etapa de Work-Sharing. O programa será aplicado em 11 sextas-feiras. O sindicato conseguiu negociar que o programa seja mais espaçado, até o mês de março, e assim amenize o impacto nos salários.

“O sindicato agradece também aos trabalhadores da Equipamentos pela confiança e por terem esperado a definição da situação na Tubos. Isso foi importante para a negociação”, disse Vela.

A Tenaris Confab emprega cerca de 1.200 trabalhadores no Brasil, nas duas unidades que ficam em Pindamonhangaba, para produzir tubos de aço, máquinas e equipamentos industriais para o setor pretolífero.

Agência de notícias da  FEM-CUT/SP
imprensa@fem.org.br

Jornalista responsável: Marina Selerges

Siga-nos: www.twitter.com/femcut
Facebook: www.facebook.com/fem.cutsp

 


Federação dos Sindicatos de Metalúrgicos da CUT/SP (FEM-CUT/SP)
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - São Bernardo do Campo-SP
CEP - 09726150
Contato + 55 11 4122-7714


Hoje: Visitantes / Acessos