São Bernardo, * *

COLÔNIA DE FÉRIAS

PL 4.330: Ruim para o Brasil, retrocesso para os trabalhadores

Em nota, a FEM-CUT/SP discorda a opinião do presidente da FIESP, Paulo Skaf

Publicação: 06/04/2015
foto: Luizão - crédito: Adonis Guerra

foto: Luizão - crédito: Adonis Guerra
Imprimir Enviar para um amigo Twitter A+ A-

A  Federação dos Sindicatos de  Metalúrgicos da CUT/SP (FEM-CUT/SP), entidade que representa 245 mil trabalhadores no Estado, rechaça a opinião do presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), Paulo Skaf, em artigo publicado nesta segunda feira (6), no Jornal Folha de São Paulo.

Skaf defende a aprovação do Projeto de Lei 4.330/04, que pode entrar em pauta no Plenário do Congresso nesta terça-feira (7), afirmando que “o Brasil vai se modernizar regulamentando os terceirizados”.

Essa expressão é um grande absurdo e não corresponde à realidade. A regulamentação da terceirização proposta pelo PL 4.330 representa um retrocesso à legislação trabalhista – que são todas as conquistas históricas da classe trabalhadora – porque se sobrepõe aos limites colocados pela Súmula 331 do Tribunal Superior do Trabalho (TST) ao permitir que quaisquer atividades ou partes do processo de produção fossem terceirizadas, sob o frágil argumento da “especialização”.

Reforçamos que, nós metalúrgicos da CUT, somos contra esse PL que significa uma superexploração, ataque e retrocesso aos direitos dos trabalhadores. Também já se manifestaram contrários a esse PL entidades representativas da magistratura, como a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho e a classe artística.

O Brasil precisa avançar e não retroceder. Defendemos a regulamentação da terceirização que assegure garantias de igualdade de direitos. 

Lamentamos que um representante da indústria paulista pense desta maneira. Sua visão retrógrada caminha na contramão daqueles que idealizam um País equilibrado, justo e igualitário.

 

Luiz Carlos da Silva Dias, o Luizão, presidente da FEM-CUT/SP

Agência de notícias da  FEM-CUT/SP
imprensa@fem.org.br

Jornalista responsável: Marina Selerges

Siga-nos: www.twitter.com/femcut
Facebook: www.facebook.com/fem.cutsp

 


Federação dos Sindicatos de Metalúrgicos da CUT/SP (FEM-CUT/SP)
Av. Antártico, 480 - Jardim do Mar - São Bernardo do Campo-SP
CEP - 09726150
Contato + 55 11 4122-7714


Hoje: Visitantes / Acessos